comercial@psicologiaefono.com.br
28 99881-4629
Sue Hellen
Sue Hellen
Magnus M.
Artigos
Disfagia em Adultos
Postado em: 06/04/2021
Disfagia em Adultos
Você sabe o que é disfagia?
Disfagia é o nome dado à dificuldade nas fases de preparação, mastigação e deglutição/engolir dos alimentos, secreções, líquidos ou saliva. Pode se referir tanto à dificuldade de iniciar a deglutição quanto à sensação de que alimentos sólidos e/ou líquidos estão retidos, de algum modo, na sua passagem da boca para o estômago.
Existem dois tipos básicos de disfagia que se diferem quanto à localização e quanto aos mecanismos fisiopatológicos. São elas: disfagia orofaríngea, também chamada de disfagia de transferência ou disfagia alta, e a disfagia esofagiana, também intitulada disfagia de transporte.
As disfagias orais e faríngeas (DOF) são causadas por alterações que afetam a cavidade bucal e a faringe, região da garganta. Esse tipo de disfagia é mais comum em pessoas idosas e possui causas neuromusculares, das quais se destacam: sequelas de acidente vascular encefálico (AVC), Doença de Parkinson, Coreia de Huntington, tumores do tronco encefálico e da orofaringe, Doença de Alzheimer, divertículo de Zenker, drogas, entre outras.
Já na disfagia esofagiana (ou de transporte) a dificuldade de passagem do alimento ocorre após a deglutição. As causas podem ser de origem orgânica, quando existe um distúrbio obstrutivo ou de natureza funcional, quando a alteração responsável pelo sintoma é um distúrbio da motilidade esofágica. As causas mais comuns da disfagia orgânica são: estenose péptica, tumores do esôfago, divertículos, impactação de corpo estranho e esofagite eosinofílica. As causas funcionais podem ser primárias como: acalasia, espasmo esofagiano, esôfago em britadeira; ou secundárias, sendo as mais comuns: esclerose sistêmica progressiva, doença de Chagas e Doença do Refluxo Gastroesofágico.
Ufa! Quanto nome difícil, né? Mas o importante é: se sentir algum sintoma, procure um profissional para realizar um diagnóstico correto e iniciar seu tratamento!
VOLTAR!